domingo - 16 dezembro 2018

A chave para evitar a frieza espiritual é ver Deus como um pai amoroso, diz Mike Bickle

A chave para evitar a frieza espiritual é ver Deus como um pai amoroso, diz Mike Bickle

A oração e a adoração são mantidas continuamente há mais de 19 anos na International House of Prayer of Kansas City (IHOPKC), nos Estados Unidos. Segundo seu fundador, o pastor Mike Bickle, são mais de 700 músicos orando e adorando em tempo integral, 24 horas por dia e 7 dias na semana.

“A música e a adoração nunca pararam nem por um minuto nesses 19 anos”, disse Bickle em entrevista ao Guiame. “Acontece assim como o rei Davi, que tinha 4 mil levitas trabalhando em tempo integral, como vemos no livro de 1 Crônicas”.

Em passagem pelo Brasil, o pastor norte-americano reconhece que um grande avivamento está para acontecer na nação. “Eu acredito que a Igreja Brasileira vai tocar as nações da Terra muito mais do que as pessoas imaginam”, destaca. “Acredito que o Brasil agora mesmo tem uma unção de adoração maior do que qualquer outro país no mundo”.

Quando se trata de avivamento, Bickle observa que vários componentes importantes fazem parte de um despertamento espiritual. “Há uma manifestação soberana do poder do Espírito Santo, mas também há uma participação humana. De alguma forma, Deus está esperando a igreja orar e, por outro lado, a igreja está esperando a perfeita hora de Deus”, explica.

O pastor esclarece que durante um avivamento, há uma maior manifestação do poder de Deus na vida das pessoas. “Os corações se tornam mais inclinados para Jesus, muitas pessoas são salvas, muitos cristãos renovam o amor, curas físicas acontecem e a atmosfera espiritual de uma cidade inteira muda. Na esfera invisível, quando oramos e Deus estende sua mão em avivamento, há mais liberação de anjos e demônios são obrigados a recuar”.

Vencendo a frieza espiritual

Embora o avivamento traga consigo um renovo espiritual, muitos cristãos se deparam com fases de frieza e fraqueza. No entanto, Bickle afirma que é possível voltar a se fortalecer e recuperar a paixão por Deus.

“Eu tenho sido pastor por 40 anos, mas eu já tive estações de frieza ou fraqueza em todo esse tempo. Elas me preocupam sim, mas descobri como me sentir conectado novamente”, afirma.

Dentre os princípios para não se manter na frieza espiritual, o pastor considera importante ter uma visão correta da personalidade de Deus. “Alguns pensam em Deus como um técnico de futebol irado, mas Deus é um pai amoroso. Mesmo em nossa fraqueza, Ele tem prazer em se relacionar conosco. Ele vê a nossa fraqueza, mas enxerga um quadro maior”, esclarece.

O pastor também acredita ser importante ter amigos que temam a Deus, se envolver em estudos bíblicos e ter um tempo diário de oração. “Em pelo menos 15 minutos do dia, abra sua Bíblia e fale com Ele de acordo com os versículos. Não lemos a Bíblia apenas para informação, nós lemos para conversação”, disse ele.

Separar um tempo específico para oração na rotina é essencial, segundo Bickle. “Se você tem um tempo focado para se dedicar ao Senhor, você pode fazer muito mais”, avalia. “Eu falo para as pessoas que elas não ganham nada com Deus ao separar tempo de oração na agenda, mas você está colocando o seu coração numa posição para tocar o fogo de Deus”. Com informações do Guiame.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *