sexta-feira - 19 julho 2019

“EUA não precisam controlar armas, precisam de Jesus”, diz estudante sobre tiroteios

“EUA não precisam controlar armas, precisam de Jesus”, diz estudante sobre tiroteios

Depois do tiroteio que deixou 17 mortos numa escola em Parkland, na Flórida, um estudante de ensino médio chegou à conclusão de que os Estados Unidos não precisam de mais controle de armas, mas sim de Jesus Cristo.

“O controle de armas não é a resposta. A América não precisa de controle de armas, os Estados Unidos precisam de Jesus”, disse o jovem Pearson no Facebook, em um vídeo que já passou de 8 milhões de visualizações.

Seu comentário surgiu depois de perceber que na sequência do tiroteio na Flórida, “a mídia e a esquerda passaram a dizer que a única maneira de parar atrocidades como o que aconteceu na semana passada em Parkland, é através do controle de armas”.

“Existe um padrão em todos esses tiroteios. Existem zonas livres de armas, você olha para o que aconteceu em Parkland, em Newtown e em tantas zonas livres de armas; as pessoas que deveriam ter armas, as pessoas boas não têm, então as pessoas com o mal em seus corações e almas vêm e causam estragos”, comentou Pearson.

O adolescente, que é conhecido por falar sobre questões sociais e políticas, falou sobre a sensação de medo entre os jovens. “Esse tiroteio mexeu comigo, eu estava com medo, assim como muitos estudantes do ensino médio em todo o país. A última coisa que eu vou sentar aqui e dizer é que não devemos fazer algo”, afirmou.

Pearson concluiu o vídeo deixando um recado: “As crianças não devem ter medo de ir à capela. Vamos nos certificar de que elas não tenham”.

Depois do ataque, o presidente dos EUA, Donald Trump ofereceu as suas condolências para as famílias das vítimas e assegurou à cidade que toda o país está orando por elas “com um coração pesado”.

“Nestes momentos obscuros de mágoa, nos firmamos na Palavra de Deus: ‘Ouvi sua oração e vi suas lágrimas; eu o curarei”, disse Trump, citando um trecho de 2 Reis 20:5. “Confiamos nessa promessa e nos apegamos aos nossos compatriotas em seu tempo de tristeza”
FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE FAITHWIRE

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *