Israel vai “reabastecer” o mar da Galileia, após anos de seca

Israel vai “reabastecer” o mar da Galileia, após anos de seca

Chamado de “mar da Galileia” na Bíblia, o “lago de Tiberíades” ficou conhecido por ser o local onde Jesus andou sobre as águas e os apóstolos pescavam. Em 2018, ele alcançou seu nível mais baixo em um século. Esse é o resultado de vários anos de “inverno seco”, onde quase não choveu no país.

As autoridades israelenses anunciaram que irão “reabastecer” o lago com água do mar dessalinizada. O  projeto prevê 100 milhões de m³ de água sendo jogados no local todos os anos, até 2022.

A informação foi dada pelo representante do Ministério de Energia e Água de Israel, Yechezkel Lifshitz às agências de notícias internacionais.

Medindo cerca de 19 quilômetros de comprimento e 13 km de largura, o lago tem no rio Jordão seu principal afluente. A água passará a ser levada por um dos rios que afluem no lago, garantindo também o abastecimento de água para a população local.

Estão em construção duas unidades dessalinizadoras de água do mar na Galileia Ocidental, norte de Israel, e em Nahal Sorek, no sul do país. Elas irão produzir 300 milhões de m³ de água dessalinizada todos os anos.

Ainda segundo Lifshit, 80% da água potável consumida pelos lares israelenses procede das cinco plantas de dessalinização, que proporcionam 670 milhões de m³ de água. A região de Tiberíades era abastecida somente pelo lago de mesmo nome.

“Vamos transformar o lago em reserva de água dessalinizada, algo que ainda não tinha sido feito até agora”, comemorou o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. Com informações do Gospel Prime

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *