sexta-feira - 14 dezembro 2018

“O Evangelho me trouxe paz”, diz ator de Hollywood que abandonou as drogas

“O Evangelho me trouxe paz”, diz ator de Hollywood que abandonou as drogas

O comediante controverso Russell Brand, que sempre foi mais conhecido por sua vulgaridade, insultos e comportamento indecente, supreendeu a mídia recentemente, afirmando que agora entende que Jesus Cristo é a solução para os problemas da humanidade.

“O meu sentimento pessoal é que os ensinamentos de Jesus Cristo agora são mais relevantes do que nunca”, disse Brand em entrevista à revista Relevant.

Atormentado pelas drogas, álcool e uma vida promíscua, o ator explicou que hoje entende que tudo sempre foi resultado de uma busca para preencher um vazio espiritual.

“Há uma citação famosa, que diz: ‘Todo homem que bate na porta de um bordel, na verdade está procurando por Deus”, acrescentou. “Essas casas onde se usa crack e tribos que praticam outras atividades ilícitas, são todas cheias de pessoas que estão tentando se sentir bem, tentando se sentir conectadas. As pessoas estão tentando escapar, estão tentando sair de suas próprias cabeças. Para mim, isso é realmente um impulso espiritual”.

“As pessoas estão (metaforicamente), batendo em uma porta de bordel, procurando sua realização em coisas que só as deixam vazias”, continuou.

Após se divorciar da estrela do pop Katy Perry depois de um casamento de apenas 14 meses, Brand começou um processo de grandes mudanças em sua vida. Ele casou com a atriz Laura Gallacher em 2017 depois que o casal teve seu primeiro filho, Mabel, em novembro de 2016.

Russell também contou que um amigo acabou ajudando-o a se introduzir em um programa de recuperação, para tratar de seus vícios em drogas, como a heroína e álcool.

Sua cultura boêmia e apetite insaciável por piadas sujas o faziam sentir que ele nunca poderia estar próximo de Deus.

“O meu caminho para a espiritualidade veio através do vício, por isso vem do desespero e do medo e desse tipo de derrota, destruição e aniquilação de si de uma forma muito humilhante, suponho”, revelou. “Não tive escolha senão abraçar a vida espiritual, mas agora sou grato por isso. Faz sentido na minha vida”.

Brand disse que a frase da oração do Pai Nosso “Venha o Teu reino, assim na Terra como está no céu” é vital para mudar o mundo para melhor. Seu raciocínio é que o foco na auto-realização não leva a nada, mas a mensagem do Evangelho, focada em cuidar dos outros é o que realmente traz satisfação ao desejo interno que todos têm.

“Já vi isso em muitos formatos – porque usei o mesmo padrão muitas vezes – mas o apego a coisas físicas, comportamentos físicos ou pessoas, nunca me deixará feliz”, acrescentou. “Já a conservação dos valores que certamente se encontram no Evangelho foi o que me trouxe paz, que me fez sentir feliz. É uma lição muito difícil, que levei tempo para aprender”.

Brand lançou um livro em 2017 intitulado ‘Recovery: Freedom from our Addictions’ (‘Recuperação: Liberdade de Nossos Vícios’). Ele disse na época que o livro tem uma “sensação de cristianismo”. O conteúdo do livro é a própria versão da marca do programa de recuperação de 12 passos para viciados.

Em uma entrevista com a ‘inews.co.uk’ em setembro, Brand admitiu que ele virou as costas aos seus vícios. Ele até admitiu ter cortado o vinho da sua lista de “bebidas aceitáveis”.

O programa de 12 passos, que é popular nas reuniões dos Alcoólicos Anônimos, é conhecido por estimular seus participantes a crer em um poder superior. O livro de Brand faz o mesmo ao ampliar a mensagem sobre o vício em todas as formas de dependência, até mesmo como a compulsão por assistir muita televisão ou o vício em smartphones e sustenta que a ação de Deus é essencial neste processo de tratamento.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *