noticias

Veja alimentos que não fazem tão bem como dizem

Frutas vermelhas – Apesar de estudos associarem o consumo de frutas vermelhas com a boa saúde do cérebro, o que reduziria riscos de demência, por exemplo, o médico Simon Ridley, chefe do Centro de Pesquisa de Alzheimer no Reino Unido, diz que é mais correto apostar no consumo de frutas em geral, do que apostar que porções de frutas vermelhas manteriam uma pessoa a salvo.

 

Cenouras – Sim, elas fazem bem aos olhos, mas não mais do que qualquer outro vegetal. A afirmação é de Shamina Asif, membro do College of Optometrists, que aponta ainda que folhas verdes, como espinafre e couve, oferecem maiores quantidades de luteína e zeaxantina, que ajudam a manter a boa saúde macular.

Iogurte com cereais – A especialista em dieta para a saúde do coração Victoria Taylor, da British Heart Fountation, ouvida pelo jornal inglês, afirma que iogurtes com cereais geralmente contém grandes quantidades de calorias, além de açúcar e gordura. Principalmente os cereais cobertos com chocolate e outros doces. A recomendação é a de consumir iogurtes com frutas ou nozes e derivados, sempre nas versões sem gordura, como os desnatados.

Margarina – Segundo o cardiologista-chefe do Fórum Nacional de Obesidade, Aseem Malhotra, ainda que reduza o colesterol, não foi provado que ajude a diminuir os riscos de ataques cardíacos. O especialista apontou que novas pesquisas têm reforçado a evidência de que a gordura saturada presente em produtos naturais derivados do leite podem até ajudar na boa saúde do coração, devido à presença de vitaminas e sais minerais.

Óleo de fígado de bacalhau – Os benefícios do óleo são contados há décadas, mas não existem evidências científicas, segundo a médica Christine Haseler, que atende em uma entidade assistencial de tratamento para artrite. Ela afirma que o mais eficiente no tratamento da osteoartrite é a prática de exercícios, que ajudam a reduzir a dor e a manter a mobilidade.

Smoothies – As bebidas da moda, feitas à base de frutas, são melhores opções do que refrigerantes. Mas segundo a nutricionista inglesa Helen Bond, é preciso ficar atento às versões prontas ou aos ingredientes que serão usados. É fácil fazer uma bebida rica em calorias se adicionar leite integral, açúcar, chocolate, manteiga de amendoim, por exemplo. Os próprios açúcares naturais das frutas já devem ser levados em consideração e a transformação dos itens em suco também retira a quantidade de fibras.

Suco de laranja – Associado à saúde dos pulmões e do sistema respiratório, devido ao fornecimento de vitamina C, especialista afirma que não deve ser consumido por pessoas com fibrose cística, pois piora o problema. A versão processada do suco colabora para piorar o acúmulo de secreções nos pulmões.

Fonte: Terra

Mais

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close