Jovem escapa da morte, após carro cair sobre sua cabeça: “Deus tem um plano para mim”

Jovem escapa da morte, após carro cair sobre sua cabeça: “Deus tem um plano para mim”

Juan Spence é a definição de um milagre em pessoa. No dia 22 de maio de 2017, o adolescente do bairro Williamsburg (Brooklyn, Nova York) se envolveu em um grave acidente de carro que quase o levou à morte. A colisão ocorreu perto de sua escola.

Juan estava como passageiro no carro de seu amigo naquele dia chuvoso de primavera.

“Meu amigo estava acelerando na estrada”, disse Juan à CBN News em uma entrevista recente em sua casa.

“Devido a toda a água da chuva, ele perdeu o controle do carro e bate em um poste, o carro capotou na estrada e eu estava sem o meu cinto de segurança… foi terrível”, lembrou ele. “Eu não podia acreditar. Eu bati com a cabeça no teto solar primeiro, depois fui lançado na estrada e o carro ainda caiu por cima de mim, como se fosse esmagar a minha cabeça e o resto do meu corpo”.

Juan havia sido lançado para fora, que caiu sobre sua cabeça. Ele foi levado às pressas para o hospital. Os médicos disseram que a pressão e o inchaço em seu cérebro eram tão fortes que um pedaço do crânio tinha que ser removido.

Enquanto isso, sua mãe, Elizabeth Butler, começou a orar assim que recebeu a notícia sobre o acidente.

“Sem saber de mais nada, tudo o que eu tinha a fazer era orar imediatamente: ‘Senhor Deus, o que está acontecendo agora, o que está acontecendo com meu filho?”, contou Butler ao se lembrar de sua oração. “Eu não escutava mais nada, apenas pensava naquela ligação assustadora que recebi, enquanto juntava todas as minhas coisas. Eu apenas perguntava o que estava acontecendo e imediatamente ouvi o Espírito Santo me dizer: ‘Ele viverá e não morrerá”.

O prognóstico parecia sombrio. Juan estava na UTI e tinha sofrido uma séria lesão cerebral traumática.

Os médicos deram-lhe apenas uma chance de sobrevivência de 5% e ainda afirmaram que se ele sobrevivesse, seria em um estado vegetativo.

Mas seus pais, ambos ministros do evangelho, mantiveram sua fé e uniram sua família, amigos e igreja em oração.

“Nós choramos e nos mantivemos isso juntos, mas continuamos firmes e não vacilamos em nossa fé”, disse Alex Butler, pai de Juan.

Alex também contou que foi até o filho e, mesmo o garoto estando inconsciente no leito do hospital, compartilhou a promessa que tinham recebido de Deus.

“Eu fui até a orelha do meu filho e eu disse: ‘Juan, aqui é o papai, você viverá e não morrerá, para proclamar as obras do Senhor”, disse Alex.

Elizabeth lembrou sua reação ao relatório do médico sobre seu filho.

“Eu o respeito como um profissional, no entanto, você não tem a última palavra sobre o nosso filho”, disse ela. “Deus tem a palavra final, e assim aguardamos para ver o que Ele irá fazer. Não acredito que este prognóstico será o destino de nosso filho”.

Enquanto isso, Juan estava em coma na UTI. Após recuperar sua consciência ele compartilhou que se lembra de ter visto uma batalha espiritual sendo travada por sua vida.

“Havia um demônio vindo no ar, em minha direção, mas também havia um anjo dourado com uma armadura, uma espada. Então o anjo matou o demônio e desapareceu”, descreveu Juan.

Pouco depois, Juan, que era popular em sua escola por seu talento no basquete, começou a mostrar sinais de progresso. Ele começou a mover os dedos das mãos e dos pés. Mais tarde, ele conseguiu ficar de pé e até mesmo andar; Tudo o que os médicos disseram nunca aconteceria. Apesar das conquistas, Juan admitiu que sua recuperação não foi fácil.

“Foi muito difícil. Houve um tempo em que chorava todos os dias”, disse Juan. “É basicamente como quando as pessoas brincam com a tentativa de fazer algo com a mão amarrada nas costas, vivi isso todos os dias, até hoje. É muito difícil”.

Mas ele percorreu um longo caminho desde aquele dia em maio. Agora, depois de três cirurgias cerebrais, Juan está de volta à escola.

E enquanto ele ainda tenta recuperar os movimentos voluntários De seu braço esquerdo e lida com a paralisia no lado esquerdo de seu rosto, ele se expressa grato, simplesmente por estar vivo.

“Sei que tudo isso é porque Deus tinha um plano para mim”, diz ele.

Essa é uma grande mudança da maneira como Juan viveu a vida antes do acidente.

“Antes do acidente eu não conversava com Deus, apesar de meus pais serem pastores, realmente pensava que Deus não era nada, porque eu realmente achava que a Bíblia era apenas um livro com um monte de palavras”, disse ele. “Eu realmente não achava que precisava de Deus, mas agora eu sei que preciso muito Dele. Confio no Senhor com todo meu coração e não me apoio no meu próprio conhecimento”.

A história de Juan é inspiradora, e não só para a família do rapaz, mas também para alguns profissionais da equipe médica que cuidou dele.

Alex disse: “O próprio médico que havia dado os 5% de chance de sobrevivência para Juan, hoje louva ao Senhor pela recuperação do nosso filho”.

“Ele disse: ‘Eu realmente acredito que Deus teve a última palavra neste caso”, contou Elizabeth.

“Ele também afirmou: ‘Nunca vi nada assim durante todos esses anos, fiz cirurgias em vítimas de traumatismo craniano. Seu filho como ‘um em um milhão”, compartilhou Alex.

Juan e seus pais preferem dizer que ele é “Juan em um milhão”.

“É de acordo com sua fé, e nós simplesmente não conseguimos vacilar”, disse Elizabeth.

“Sim, fomos testados, fomos tentados. Mas não podíamos duvidar. E eu encorajaria qualquer a simplesmente não duvidar de Deus, porque Ele é fiel para fazer o que prometeu. E quando a palavra Dele for declarada, ela não retornará a você vazia. Ele disse que Juan viveria e não morreria e foi exatamente o que Ele fez”, disse ela.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA CBN NEWS

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *