quinta-feira - 18 julho 2019

Menino clama a Deus e sobrevive após ficar preso em rede de esgoto por 12 horas

Menino clama a Deus e sobrevive após ficar preso em rede de esgoto por 12 horas

Um menino de 13 anos de idade ficou preso por mais de 12 horas na rede de esgoto de Los Angeles, na Califórnia. Depois de ser resgatado no domingo (1), ele disse à imprensa que sobreviveu por causa da proteção de Deus.

“Eu orei a Deus para me ajudar e não morrer”, disse Jesse Hernandez à rede de televisão KNBC.

Por volta das 16h30, Hernandez estava passeando com seus primos pelo parque Griffith e começou a brincar em cima de uma estrutura de concreto. No entanto, a tábua que cobria o portal do sistema de esgoto cedeu e o garoto sofreu uma queda de 25 metros pelo encanamento, que tinha apenas um metro e vinte de diâmetro.

Hernandez foi levado pela água do esgoto, que percorria uma velocidade de 15 quilômetros por hora. Ele conseguiu se segurar nas paredes do tubo e encontrou um espaço para ficar de pé, onde esperou para ser resgatado.

“Tudo estava quieto. Eu conseguia apenas ouvir a água correndo e não podia ver mais nada. Estava escuro”, ele conta.

Mais de 100 profissionais do Corpo de Bombeiros de Los Angeles e agentes públicos trabalharam durante a noite para localizar Hernandez. Com a ajuda de uma câmera especial, eles conseguiram localizar as marcas das mãos do garoto na lateral do tubo.

“Às 4h55, dois funcionários do Departamento de Saneamento encontraram o adolescente consciente e respirando em meio à torrente de esgoto. A base do local de acesso de era de 3 metros de profundidade”, disse o Corpo de Bombeiros em um comunicado.

O porta-voz Brian Humphrey considera a sobrevivência de Hernandez um milagre. “Qualquer local subterrâneo, particularmente que tenha resíduos, pode produzir gases tóxicos, como metano e sulfeto de hidrogênio. Então o ar respirável se torna um elemento-chave”, disse ele.

“As chances de alguém cair em um tubo como esse e sobreviver são pequenas. As chances não estavam a seu favor e muitos chamariam sua sobrevivência de milagrosa”, avaliou Humphrey. “O garoto tem uma tremenda força interior. É óbvio que ele não é um desistente”.

Depois de tudo o que enfrentou, Hernandez está com o coração cheio de gratidão. “Eu agradeço a Deus por me dar outra chance de viver”, disse ele.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CHRISTIAN NEWS

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *